Maior Portal Sobre Saúde Hormonal
   
Editora Conceito 22 anos transformando vidas!

Ano IX | ® Editora Conceito, desde 1998 | ISSN 2359-4578 | Editora-chefe: Marta DePaula | Editor-científico: Dr. Luiz Alberto da Fonseca CRO-SP 43730 |  Jornalista: Cezar Brites Mtb 15732

Qual é melhor? Banha de porco ou óleos vegetais?

Dr. Rondó      quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Compartilhe esta página com seus amigos

Coma isso, não coma isso…

Com qual frequência você se depara com um menu para decidir o que comer? O que você escolhe? Pode ser que esteja pensando em pedir uma costela de dar água na boca e uma cerveja bem gelada, certo?
Mas, uma voz bem baixinha atrás da sua cabeça lhe diz: “vamos ser honestos”… Ou é a voz da sua esposa nos seus ombros que lhe diz para que peça a opção saudável.

Tem algo mais frustrante que isso? Ser incomodado pelo alimento que deseja consumir? E sem ver nenhum resultado?

Mas, veja…

Pode ser uma surpresa para você que a alimentação que considerava a opção saudável, na verdade, é a pior escolha?

A ideia dominante do que é ruim de comer pode não estar correta. Muitas vezes, o alimento que você deseja é a melhor opção.

Escolha a banha de porco!

Lembre-se dos segredos da sua avó, que agora estão de volta, pois a ciência mostra isso! Não tem alimento melhor como exemplo!

Como todas as gorduras saturadas, muita gente ainda vê a gordura de porco como algo não saudável, que promove obstrução das artérias e engorda. Mas, na verdade, ela é extremamente saudável!

No começo do século 20, consumia-se na América cerca de 8 kg de banha de porco por ano. Porém, já em 1990, começou uma campanha por interesse da indústria em usar óleo de algodão hidrogenado, como sendo mais saudável.

Hoje sabemos se tratar de uma mentira.

Esses óleos não têm nenhuma vantagem em relação às gorduras saturadas, como a banha de porco, e pior, aumentam o risco de doença cardiovascular.

A banha de porco é uma gordura estável

O que difere as gorduras é a presença de ligação de átomos de carbono, sendo que as ligações simples entre eles, como na banha de porco, conferem estabilidade. Isso significa que ela se mantém íntegra ao ser aquecida, não virando, portanto, gordura trans, lesiva para as artérias.

Já no caso das gorduras poliinsaturadas, hidrogenadas ou parcialmente hidrogenadas isso não ocorre, pois como apresentam ligações duplas entre os carbonos, são frágeis, susceptíveis à oxidação e se transformam em gorduras trans, altamente lesivas, quando estes óleos são aquecidos. Como exemplo destes óleos, temos a soja, canola, girassol e o cártamo.

Nutrientes vitais na banha

A banha de porcos criados a pasto é rica em vitamina B12 e Vitamina D, essenciais para a saúde humana. Além do mais, a vitamina D, por ser lipossolúvel junto com a banha, se torna de mais fácil absorção.

Traga a banha de porco de volta para a sua mesa! Você só tem a ganhar!

 

Referências bibliográficas:

  • Fats of Life
  • Fats that Heal Fats that Kill. Udo Erasmos
  • Weston A. Price Foundation, Saturated Fat Does a Body Good
  • The Lancet September 28, 1968, Volume 292, No. 7570, p693-700
  • BMJ 2015;351:h3978

Fonte: https://www.drrondo.com/o-que-e-melhor-vinho-cerveja/

Comentários

Conheça os Hormônios


O que são Hormônios?

segunda-feira, 30 de março de 2020

Hormônios e a inflamação

domingo, 30 de junho de 2019

Testosterona

domingo, 30 de junho de 2019

Progesterona

domingo, 30 de junho de 2019

Estradiol

domingo, 30 de junho de 2019

Colecalciferol - Vitamina D

domingo, 30 de junho de 2019

Hormônio Ocitocina

domingo, 30 de junho de 2019

Hormônios e a dor

domingo, 30 de junho de 2019

Hormônios e o câncer

domingo, 30 de junho de 2019