Maior Portal Sobre Hormônios
   Uma publicação da Editora Conceito

Ano VII | ® Editora Conceito, desde 1998 | ISSN 2359-4578 | Editora-chefe: Marta DePaula | Editor-científico: Dr. Luiz Alberto da Fonseca CRO-SP 43730 |  Jornalista: Cezar Brites Mtb 15732

Osteoporose

@drmarcos_saito      sábado, 12 de outubro de 2019

Compartilhe esta página com seus amigos

drmarcos_saito

Reposted from @dra.danielavolci - outro texto top da minha amiga!!
👵🏻O S T E O P O R O S E👨🏻‍🦳
Por que a #osteoporose é mais comum após uma certa idade?🤔


Ligada principalmente ao envelhecimento na maioria dos casos, a osteoporose representa um problema de ordem crônica, orquestrado pelo desequilíbrio entre a ação de formação x reabsorção óssea. 📈


Tal ocorrência depende de muitos fatores, entre eles a dieta, disponibilidade de Vitamina D, ☀️entenda exposição solar ou reposição da mesma, hábitos de vida (prática de atividades físicas) e regulação hormonal. Esse último fator, relacionado ao envelhecimento, visto que envelhecemos depreciando a quantidade de hormônios que produzimos.
O processo de equilíbrio entre formação e reabsorção óssea é regida entre outros pelos osteoblastos e osteoclastos.
O osteoblasto é uma célula que produz osso. O osteoclasto é responsável pela reabsorção do osso. Até a terceira década de vida, o ser humano constrói seu esqueleto, onde até em média 20 anos de idade, 90% do esqueleto humano encontra-se em maturidade.


Por isso, a importância de crianças e adolescentes terem uma dieta equilibrada, se exercitarem e tomarem sol sempre que possível.


Entre a metade da terceira e quarta década de vida, o sistema esquelético atinge um equilíbrio entre os processos de reabsorção e formação óssea.


Depois dos 45 anos, as células que reabsorvem o osso ficam mais ativas do que as que o recompõem e começamos a perder parte de nosso esqueleto. Essa perda atinge mais ou menos 0,5% ao ano, o que quer dizer que, em 10 anos, perdemos 5% de massa óssea e, em 20 anos, 10%. Fatores que aceleram tal processo fisiológico:


➡️Desequilíbrios hormonais, entre eles a menopausa, fisiológica ou química;
➡️Intoxicação química(Cloretos, Fluoretos);
➡️Dieta desequilibrada;
➡️Processos inflamatórios;
➡️Stress;
➡️Sedentarismo;
➡️Consumo de álcool e tabaco. Causa agravante em procedimentos odontológicos (ortodontia, implantes, estabilidade periodontal) e também ligada a muitos casos de fratura de membros inferiores, superiores, quadril e/ou coluna vertebral por exemplo. Ligado também a dores crônicas. - #regrann

Comentários

Pilares da Saúde