Maior Portal Sobre Hormônios
   Uma publicação da Editora Conceito

Ano VII | ® Editora Conceito, desde 1998 | ISSN 2359-4578 | Editora-chefe: Marta DePaula | Editor-científico: Dr. Luiz Alberto da Fonseca CRO-SP 43730 |  Jornalista: Cezar Brites Mtb 15732

O que são Disruptores Endócrinos?

JCS      segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Compartilhe esta página com seus amigos
Os Disruptores Endócrinos são substâncias químicas exógenas que agem em nosso corpo interferindo a geração, transporte, ação, condução e destino final de hormônios, causando alterações nas funções fisiológicas. Muitas vezes interrompem sistemas endócrinos imitando ou bloqueando um hormônio natural.
 
No caso de imitadores de hormônio, um disruptor endócrino pode “enganar” o receptor, fazendo com que o receptor entenda que se trata de um hormônio, e isso pode inadequadamente ativar o receptor e desencadear processos normalmente ativados apenas por um hormônio natural. No caso de bloqueadores hormonais, um disruptor endócrino pode ligar-se ao receptor de um hormônio, mas neste caso, o receptor é bloqueado e não pode ser ativado, mesmo quando o hormônio natural está presente. O resultado no organismo é como se o hormônio estivesse em falta, pois os receptores dos hormônios estarão bloqueados, preenchidos por outra substância, causando uma falha na comunicação celular.
 
Essas substâncias químicas vão substituir os hormônios naturais, bloqueando a ação hormonal, aumentando ou diminuindo os níveis de hormônios naturais, transtornando os processos normais de reprodução e desenvolvimento. São substâncias persistentes, bioacumulativas e organohalógenas, que incluem alguns agrotóxicos (fungicidas, herbicidas e inseticidas) substâncias químicas industriais, produtos sintéticos e alguns metais pesados.
 
Os Disruptores Endócrinos classificam-se em: 
 
Tóxicos Metálicos: Chumbo, Alumínio, Arsênio, Níquel, Mercúrio, Cádmio.
 
Tóxicos Orgânicos: Organoclorados, Organofosforados, Piretróides, Carbamatos, Rotendicidas, Xenoestrogênios. 
 
Estima-se que, globalmente, mais de 24% das doenças e desordens humanas são atribuíveis a fatores ambientais e que o meio ambiente desempenha um papel em 80% das doenças mais mortais onde a perturbação do sistema endócrino é fundamental para o aparecimento dessas doenças.
 
Disruptores endócrinos estão relacionados ao aumento de desordens neurológicas, problemas respiratórios, obesidade, disfunções metabólicas, diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares, desordens reprodutivas e até mesmo câncer.
 

Comentários

Pilares da Saúde