Uma publicação da:

desde 1998

Ano VII | ® Editora Conceito, desde 1998 | ISSN 2359-4578 | Editora-chefe: Marta DePaula | Editor-científico: Dr. Luiz Alberto da Fonseca CRO-SP 43730 |  Jornalista: Cezar Brites Mtb 15732



O que esperar da musculação

Antônio Lara Filho      sexta-feira, 26 de julho de 2019

Compartilhe esta página com seus amigos

A busca desenfreada pelo corpo perfeito ou até mesmo pela melhora da condição física faz com que vários indivíduos procurem a musculação.

O fator cultural e a influência das redes sociais através do empirismo e da ação pela repetição e a dificuldade de identificar o que realmente deseja são alguns dos principais fatores que levam pessoas à procura de atividades físicas.

O profissional de educação física tem um papel muito importante:  alertar o aluno para o que ele busca e principalmente o porquê da busca. Estes são elementos que devem ser identificados pelo personal, que além de visualizar as deficiências, deve corrigi-las incentivando e buscando exemplificar, passando conhecimento e informação para o aluno.

A procura de mais profissionais ou não de acordo com o que o indivíduo quer, como: nutricionistas e até mesmo médicos qualificados é essencial para ajudar na melhoria da performance e qualidade de vida do indivíduo.

Após um ano de prática a mudança do aspecto corporal é notória, a maturação do aluno na modalidade tem que ser algo visível, não somente através do seu físico mas também de seus movimentos e de sua consciência corporal para a execução do mesmo.

Ao procurar uma academia o aluno precisa estar ciente que o primeiro momento será um período de adaptação. Os resultados não são imediatos, e a ansiedade deve ser controlada, pois o imediatismo acarreta efeitos negativos fazendo com que o aluno acabe pulando etapas importantes de aprendizagem impedindo o mesmo de ter os resultados tanto buscados.

A didática e metodologia são extremamente importantes para que o professor possa identificar o momento da progressão de cargas nos treinamentos e até mesmo a cobrança que será de acordo com os objetivos de cada um.

Importante ressaltar que treinamentos executados com cargas altas, mesmo no caso de alunos de maior vivência e preparo na modalidade, exigem também complementos para tais objetivos. 

Exemplificando:

Quando o aluno busca a hipertrofia muscular, deve comer e dormir corretamente para tal ou então esse ciclo será errôneo. No meu trabalho sempre digo que não subirei a carga se o aluno não come de forma correta de acordo com o seu objetivo, ou seja, as pessoas buscam algo mas nem sempre o fazem de forma correta, e devem ser alertadas que para a obtenção dos resultados, deverá ser cumprida uma série de fatores.

A motivação de cada indivíduo é diferente, portanto devemos respeitar e não persuadir este para objetivos distintos, mas sim esclarecer suas dúvidas e ajudar seja qual for a necessidade de cada um.

A musculação é a única modalidade na qual o objetivo primário é o ganho de massa muscular. 

Modalidades como CrossFit têm como objetivo primário a busca da melhora da performance e o treinamento funcional, busca primariamente a melhoria das valências físicas. Antes de procurar qualquer modalidade, devemos saber distingui-las e para que as estamos buscando.

Autor: Antônio Lara Filho, Personal Trainer. Graduado em Educação Física pela PUCRS. Professor Especialista em Movimento pela Wpós. Sócio Proprietário da Academia Strong Way Fitness

Comentários







Parceiros do Jornal




Busque por #Hashtags


Dose seus hormônios

Segundo a ciência, os desruptores endócrinos podem provocar estragos diversos no organismo, que vão de obesidade a câncer, passando por distúrbios na tireoide.
A ciência está descobrindo que produtos do nosso cotidiano, como esmaltes, televisão e até água encanada, escondem substâncias capazes de alterar o funcionamento do nosso corpo.
Você sabia que os desruptores endócrinos são compostos artificiais ou naturais que interferem na ação dos nossos hormônios e nos expõem a doenças? Hoje, há suspeitas sobre mais de 800 misturas químicas. “Elas estão na indústria e na agricultura e entram no corpo pela ingestão de água, de alimentos e pela respiração”, diz a química Débora Santos, da Universidade Federal de Pernambuco. Essa também é uma boa razão pela qual você deve dosar seus hormônios.

#protocolobotelho

#avidasemmedicamentos