MAIOR PORTAL SOBRE SAÚDE HORMONAL
Editora Conceito, há 22 anos transformando vidas!

Ano IX | ® Editora Conceito, desde 1998 | ISSN impresso 2359-4578 | Editora-chefe: Marta DePaula | Editor-científico: Dr. Luiz Alberto da Fonseca CRO-SP 43730 |  Jornalista: Cezar Brites Mtb 15732

Inflamação e câncer

Dr. Edgard Navarro      segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Compartilhe esta página com seus amigos

#Dor #calor #rubor#tumor são os 4 sinais clássicos da inflamação.
Aprendemos que, onde você encontrar um tecido ou órgão com esses 4 sinais juntos, ali haverá inflamação. Porque há dor, há um aumento da temperatura, fica vermelho e aumentado.
Isso quando se trata de uma inflamação causada por doenças em órgãos e tecidos que podemos visualizar. Difícil imaginar essa tétrade de sintomas num tecido líquido como o sangue. Mas ela está aí, instala-se silenciosamente, desenvolve-se lentamente de forma crônica e subclínica, sem dor, sem calor e sem tumor.
É sabido que essa inflamação crônica subclínica predispõe à instalação de um campo tumoral onde muito ativamente ocorre estresse oxidativo com produção de radicais livres que danificam as células e seus DNAs.
O objetivo desse estudo foi relacionar inflamação crônica à carcinogenia.
Um estado permanente de inflamação representa grande quantidade de #neutrófilos circulando no sangue (glóbulos brancos que fazem a defesa do organismo). Muito neutrófilo significa muita enzima #mieloperoxidase (pode ser medida em exame de sangue de rotina). Essa enzima catalisa a reação de #peroxidodeoxigenio HCl com #cloratos Cl- de outras reações oxidativas e produz a lesiva #5clorocitosina, também conhecida como #5CIC. É uma citocina comumente encontrada em tecidos inflamados tumorais e tem propriedades mutagênicas tipo C➡T. A exposição frequente das células à ela gera dano genético. No momento da transcrição gênica, (duplicação da molécula de DNA), a 5CIC pode acoplar-se à molécula e causar mutação. Dá-se o início à uma proliferação desordenada onde a célula mãe dá origem a 2 novas cujos códigos genéticos são diferentes da original e entre si, é o tumor.
O que provocaria esse estado inflamatório? Dieta rica em carboidratos com produtos alimentícios ultra processados, repletos de #óleovegetalrefinado#açúcar#cloretodesodio#glúten e #lactose. Junte o #flúor que está em absolutamente tudo que comemos e bebemos, com os #glifosatos e #atrazinas#cloro#mercúrio#chumbo#brometos#bromatos e #bisfenois, e por último a bigpharma com seus numerosos e fatídicos efeitos colaterais e reações adversas; estaria aí a origem do câncer?! 

 

 


Autor:

 Dr. Edgard Navarro  

SAÚDE-LONGEVIDADE SEM REMÉDIOS


ODONTOLOGIA INTEGRATIVA
Dor Orofacial e ATM
Prótese Dental e Implante Ósseo
Major Dentista da Aeronáutica
Hormônios Bio-Idênticos Nano
CRO4491RN

https://www.instagram.com/dr.edgardnavarro/

Comentários

Conheça os Hormônios


O que são Hormônios?

segunda-feira, 30 de março de 2020

Hormônios e a inflamação

domingo, 30 de junho de 2019

Testosterona

domingo, 30 de junho de 2019

Progesterona

domingo, 30 de junho de 2019

Estradiol

domingo, 30 de junho de 2019

Colecalciferol - Vitamina D

domingo, 30 de junho de 2019

Hormônio Ocitocina

domingo, 30 de junho de 2019

Hormônios e a dor

domingo, 30 de junho de 2019

Hormônios e o câncer

domingo, 30 de junho de 2019