Maior Portal Sobre Saúde Hormonal
   
Editora Conceito 22 anos transformando vidas!

Ano IX | ® Editora Conceito, desde 1998 | ISSN 2359-4578 | Editora-chefe: Marta DePaula | Editor-científico: Dr. Luiz Alberto da Fonseca CRO-SP 43730 |  Jornalista: Cezar Brites Mtb 15732

Couve: a Incrível Fonte de Proteínas e Muito Mais

Dr. Rondó      sábado, 12 de outubro de 2019

Compartilhe esta página com seus amigos

Se existisse uma lista com os melhores vegetais que você pode consumir, certamente ela seria um dos primeiros colocados, e com louvores! Estou falando da couve, uma verdadeira maravilha em forma de alimento!

Sua história remonta aos gregos e romanos, que já a cultivavam. Depois, seu consumo se espalhou pela Europa e mais tarde chegou à América.

A couve é um daqueles vegetais crucíferos, também chamados vegetais verde-escuros, que tem inúmeros benefícios para nossa saúde. Veja agora tudo o que ela contém.

Vitaminas e minerais

A couve possui altíssimas concentrações de vitamina K, A e C, além de luteína e zeaxantina, duas substâncias incríveis para a saúde da visão. Também está repleta de minerais como ferro, magnésio e principalmente o cálcio: ela contém mais cálcio por grama do que o leite integral.

Além disso, possui ômega 3 e ômega 6, ácidos graxos essências que seu corpo não produz e devem ser adquiridos na alimentação. Lembrando que outras fontes importantes são os peixes selvagens de águas frias.

Couve e proteínas

Sempre comento como as proteínas de origem animal são as melhores e mais completas, principalmente aquelas vindas de animais criados a pasto. Mas se ainda assim você optar pelas fontes vegetais, deve considerar seriamente colocar a couve na sua alimentação.

Ela contém os 9 aminoácidos necessários para a formação de proteínas, além de outros 9 aminoácidos essenciais. Para você ter uma ideia, a relação carboidrato/proteína da couve é 3:1, o que é incrível em se tratando de um vegetal.

Outros benefícios da couve

  • Possui Indole 3 Carbinol, que ajuda a reparar o DNA e reduz risco de cânceres como o de mama, próstata e cólon.
  • Apresenta alta atividade antioxidante.
  • Age como estimulante imunológico.
  • Ajuda a regular a coagulação sanguínea.
  • Protege contra doença cardíaca e derrame.
  • Auxilia o combate de doenças autoimunes, como Lúpus e Artrite reumatóide.

E então, está pronto para colocar a couve na sua alimentação diária? Além das saladas ou refogada, uma boa pedida é usá-la em smoothies verdes, que concentram todos os benefícios e são mais práticas. Confira as receitas na sessão exclusiva aqui do site e tenha uma Supersaúde!

 

Referências bibliográficas:

  • Livro Muito Além dos Superalimentos: Mude sua Vida com Supernutrientes
  • Am J Clin Nutr. 2002 Sep;76(3):560-8.
  • Br J Cancer. 2003 Oct 6;89(7):1255-9.
  • Cancer Causes Control. 1999 Feb;10(1):71-5.
  • Am J Epidemiol. 2007 Jun 15;165(12):1364-71. Epub 2007 Mar 16.
  • Arch Intern Med. 1995 Feb 27;155(4):381-6.

 


Autor: Dr. Rondó

Fonte: https://www.drrondo.com/couve-proteinas/

Comentários

Conheça os Hormônios


O que são Hormônios?

segunda-feira, 30 de março de 2020

Hormônios e a inflamação

domingo, 30 de junho de 2019

Testosterona

domingo, 30 de junho de 2019

Progesterona

domingo, 30 de junho de 2019

Estradiol

domingo, 30 de junho de 2019

Colecalciferol - Vitamina D

domingo, 30 de junho de 2019

Hormônio Ocitocina

domingo, 30 de junho de 2019

Hormônios e a dor

domingo, 30 de junho de 2019

Hormônios e o câncer

domingo, 30 de junho de 2019