Dos HORMÔNIOS

Dra. Adriana Scheeren

A imagem pode conter: texto

PROGESTERONA BIOIDÊNTICA NANO!!!
A progesterona é um hormônio muito importante para a mulher pois previne câncer de mama e osteoporose, melhora a lubrificação vaginal, melhora a auto estima , evita a depressão, melhora a pele, o cabelo e previne doenças cardiovasculares. É um neuro esteroide que melhora a cognição e a memória. Além disso promove relaxamento e é um excelente analgésico.

Quando a progesterona que deveria subir na segunda metade do ciclo menstrual não sobe os estrogênios acabam predominando. O excesso de estrogênios durante o período menstrual leva a sintomas como dor e sangramento intensos, mamas doloridas, além de irritabilidade, perda da libido e padrões insatisfatórios de sono.

O Que Fazer?
1. Corrigir a predominância estrogênica através da reposição de Progesterona Bioidêntica Nano
2. Controlar a dieta aumentado o consumo de proteínas e frutas e eliminando as outras fontes de carboidratos e bebidas fermentadas
3. Eliminar fontes de xeno estrógenos, bisfenol A , e anticoncepcional hormonal, pois todos bloqueiam progesterona
4. Diminuir os níveis de cortisol

#DraAdrianaScheeren👑
#ModulaçãoHormonalNANO
#InstitutoMarcoBotelhoRS
#protocolo@dr.marcobotelho
#amorpelafisiologia❤️
#marcobotelhoteam

Dos HORMÔNIOS

Marta DePaula
Executiva
Editora Conceito &
Jornal Conceito Saúde, Pesquisadora sobre HORMÔNIOS.

Oxitocina é um HORMÔNIO que atua principalmente como neurotransmissor no cérebro. Normalmente conhecida como o “hormônio do amor”, a oxitocina é muito mais do que isso. Além de favorecer as interações sociais, a oxitocina é um hormônio que ajuda a reduzir a pressão arterial e os níveis de cortisol, aumenta o limiar da dor, reduz a ansiedade e estimula diversos tipos de interação social positiva. Além disso, promove o crescimento e a cura.
Esse hormônio, que é produzido no hipotálamo, é absolutamente necessário durante o parto e a amamentação, e também está diretamente ligado à criação de laços sociais (família, casal) e no aumento da confiança entre os indivíduos. A oxitocina, hormônio com efeitos bastante conhecidos, é a chave para a felicidade do ser humano. Liberada quando praticamos esportes, dançamos ou damos um abraço em alguém, ao que tudo indica, ela também pode ser a responsável pela fidelidade entre os casais.

APLICAÇÕES DA OXITOCINA:

• Crianças autistas e pacientes esquizofrênicos com dificuldade de interação social. Esta documentada a redução do nível sérico e alteração dos receptores de oxitocina nestas patologias. A suplementação desta substância melhora o comportamento repetitivo, interação ocular e social e vínculo emocional;

• Melhora libido feminina. A Oxitocina aumenta a lubrificação e o tônus vaginal; intensifica a experiência do orgasmo e aumenta o desejo e a memória de experiências prazerosas;

• Distúrbios de ejaculação e orgasmo em homens. Indicado para pacientes com retardo ou ausência de ejaculação (como efeito colateral do uso de antidepressivos, por exemplo), uma vez que aumenta a sensibilidade peniana e o volume do esperma (aumenta secreções prostáticas). Intensifica a experiência do orgasmo;

• Estímulo da produção de hormônios anabolizantes como testosterona e IGF-1(Hormônio do crescimento);

• Melhora a interação social. Apresenta efeito redutor de ansiedade social, e facilita a interação e expressão de afetos, melhorando os vínculos afetivos. Reduz a ansiedade e desejo de isolamento em pacientes deprimidos e aumenta a autoconfiança;

• Promove o relaxamento muscular e diminui os sintomas da fibromialgia;

• Diminui a hipertensão arterial e a vasodilatação coronariana.

A utilização da Oxitocina depende do quadro clínico. Recomenda-se iniciar o tratamento com dose baixa e observar a resposta do paciente. A ação fisiológica é bastante individual e deve seguir um rigoroso acompanhamento médico.

Nenhum texto alternativo automático disponível.

HORMÔNIOS

Nossos Hormônios são Tudo!!!

Hormônios Bio Idênticos Nano, resolvem rapidinho a situação dessas Anãs!!! Dose seus Hormônios! Compartilhe SAÚDE! SAÚDE é Tudo, com Modulação Hormonal Bioidêntica Nano!!

Nenhum texto alternativo automático disponível.

artigo

Sua Vitamina D Nunca Sobe? Pode ser POUCO Colesterol!

Nesses últimos 60 anos, nós temos recebido informações, ou melhor, mantras de que é fundamental evitar o sol e se cobrir de protetor solar diariamente, tanto para ambiente interno como especialmente para ambientes externos quando for sair. Além disso, nos convenceram que o colesterol é um inimigo mortal que deve ser evitado a todo custo…

E que, se você tiver níveis ligeiramente elevados, deve tomar estatina para reduzi-lo.

Este duplo golpe de conselho errado é mortal para a sua saúde, deixando-o fraco, doente e incapaz de aproveitar a sua vida.

Entenda…

Os estudos atuais e os revisados mostram que o colesterol é necessário para uma longa vida.

De fato, um estudo com mais de 350.000 pessoas descobriu que:

  • aqueles com colesterol mais alto tinham menor risco de morte por todas as causas.
  • aqueles com baixos níveis de colesterol tiveram um aumento de 340% no risco de morte.

O colesterol é uma das moléculas mais importantes do corpo, é seu amigo e não o seu inimigo, como entendíamos.

Apresenta muitos benefícios para a saúde como:

  • Protege as membranas celulares
  • Aumenta a comunicação celular
  • Evita que as suas artérias colabem
  • Promove uma função cerebral saudável
  • Melhora assimilação de gorduras
  • Permite produção hormonal, como por exemplo: testosterona, estrogênio, progesterona e cortisol
  • Aumenta defesa contra doenças infecciosas

E o mais surpreendente que os novos estudos mostram é o fato dessa redução em massa do colesterol com medicação estar levando como consequência a uma epidemia de deficiência de vitamina D.

Segundo um estudo com 1.600 pessoas, descobriu-se que quase 90% da população é deficiente em vitamina D.

Precisa ficar claro com isso que seu corpo precisa de colesterol para produzir vitamina D.

Quando você se expõe ao sol, os raios UVB convertem uma forma de colesterol em sua pele em vitamina D3.

Para atender às suas necessidades desta vitamina, ficar apenas 30 minutos ao sol do meio-dia, sem protetor solar, pode dar-lhe 10.000 a 20.000 UI de vitamina D…

…mas isso é só se você tiver colesterol suficiente.

Além disso, outro problema desfavorável é que viramos gordurofóbicos, ou seja, fugimos da gordura a todo o custo, pois fomos orientados todos esses anos a ingerir uma dieta com baixo teor de gordura e colesterol.

Portanto, a opção de absorver a vitamina D pela dieta fica prejudicada, pois esta vitamina lipossolúvel sem a presença de colesterol e gordura impede a sua assimilação.

Recentemente mais um estudo realizado em ratos, alimentados com uma dieta baixa em colesterol e gordura, mostrou que eles tiveram uma queda significativa em seus níveis de vitamina D.

Precisamos ter consciência de que a vitamina D não é importante apenas para prevenir o raquitismo e melhorar a saúde dos ossos. Mas a vitamina D afeta praticamente todos os sistemas do seu corpo.

Sua deficiência está relacionada com:

  • hipertensão e doença arterial coronariana
  • doença de Alzheimer, Crohn,esclerose múltipla, asma e depressão
  • aumento do risco de câncer, diabetes e todas as outras doenças crônicas

Portanto, converse com o seu médico para checar os seus níveis de vitamina D. É um exame de sangue simples e barato, aonde níveis de 20 ng / mLs ão considerados mínimos. O recomendado é manter esses valores entre 80 e 100ng / mL.

A exposição ao sol, que é uma regra comum, só vai ter sentido caso seus níveis de colesterol estejam adequados, senão o seu corpo não poderá converter a luz do sol em vitamina D.

E lembre-se, o período adequado de exposição ao sol é entre 10:00 e 14:00 h, quando os raios UVB são mais fortes, como já comentei em outro artigo (clique aqui para ler).

Como aumentar o colesterol e a vitamina D naturalmente

Ingira alimentos ricos em colesterol e vitamina D:

  • Óleo de fígado de bacalhau
  • Carne, ovos e manteiga de animais criados a pasto
  • Camarão e Ostras
  • Salmão, Sardinhas e Arenque

E no caso de níveis muito baixos de vitamina D, é recomendada a suplementação, mas para isso é necessário associar a vitamina K2, cálcio e magnésio…

Mas isso você terá que ver com seu médico. Só ele conhece seu caso de perto e pode te indicar a melhor opção.

Referências bibliográficas:


Dr. Rondó é médico, Cirurgião Vascular com ampla expertise em medicina preventiva e alta performance. Especializou-se em Terapias Antioxidantes pelo The Robert W. Bradford Institute, nos EUA, e no Regenerations Zentrum Dr. Kleanthous Embh (Heideberg), na Alemanha. Graduado pela Faculdade de Santo Amaro em 1983. É membro e diplomado pelo American College of Advancement in Medicine. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Hormônios

Rejuvenescimento

A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up


  • Harmonização orofacial x modulação hormonal NANO🌟🙌🏼❤️
    💫A PROGESTERONA tem um papel fundamental na elasticidade da sua pele atuando como inibidor da COLAGENASE ( enzima que quebra colágeno).
    Portanto o sucesso da sua toxina botulínica, preenchimento,fios entre outros procedimentos estéticos estão diretamente relacionados à sua condição hormonal!! 🙏🏻🙏🏻 Ja dosou seus hormônios??💕
    #institutomarcobotelho#marcobotelhoteam#modulacaohormonalnano
Livre de vírus. www.avast.com.

Hormônio DHEA

Resultado de imagem para FORMULA DO DHEA

DHEA: o que é e para que serve?

O DHEA é um hormônio de ação esteroide anabólica, sendo produzido pelas glândulas adrenais e suprarrenais a partir do colesterol.

A ciência ainda não conhece tudo sobre o DHEA e sobre seus efeitos em nosso organismo, embora já tenha conhecimento de que seja um precursor dos hormônios sexuais masculinos e femininos, incluindo a testosterona e o estrogênio.
Nosso corpo produz naturalmente o DHEA e a produção atinge o pico depois dos vinte anos de idade, começando a diminuir depois dos trinta. A redução é mais rápida em mulheres do que em homens e níveis mais baixos do hormônio são encontrados em pessoas com distúrbios hormonais, com mal de Alzheimer, com doenças cardíacas e depressão, com inflamações e com transtornos no sistema imunológico, com osteoporose e naquelas contaminadas pelo vírus HIV.
Além disso, corticosteroides, anticoncepcionais orais e agentes de tratamento de transtornos psiquiátricos são responsáveis pela redução dos níveis de DHEA.
DHEA: benefícios e como age em nosso organismo

Sendo um precursor do hormônio denominado androstenediona que, por sua vez, é o precursor da testosterona e androgênio, ajuda a manter os níveis hormonais no nosso organismo.
Mesmo que em menores quantidades do que alguns outros hormônios, o DHEA, usando corretamente, pode garantir ao homem e à mulher melhor aproveitamento dos seus hormônios sexuais.
Presente naturalmente no organismo, o DHEA, no entanto, não é constante durante toda a vida, como ocorre com os hormônios sexuais. A produção de cortisol em nosso corpo é aumentada com a idade e, de maneira inversa, os hormônios sexuais são reduzidos. O DHEA ajuda nessa função, mantendo os níveis de hormônio sexual dentro da quantidade desejada para manter a libido.
Com o uso do DHEA, uma série de fatores são melhorados no organismo, como, por exemplo:

  • Sensível melhora da libido e maior disposição orgânica;
  • Aumento da síntese proteica e do metabolismo;
  • Melhoria da função da insulina;
  • Aumento da força muscular;
  • Redução das doenças degenerativas;
  • Melhora dos transtornos mentais.

Esses efeitos fizeram com que o DHEA fosse considerado o hormônio da juventude e, certamente, os benefícios são decorrentes de doses certas e da correta utilização.

O que é o Hormônio Testosterona?

testosterona - Pró-Hormonais - 12/06/2017 - Descubra tudo sobre Testosterona!

O que é Testosterona?

testosterona testosterona - Pró-Hormonais - 12/06/2017 - Descubra tudo sobre Testosterona!É um hormônio encontrado em maior quantidade nos homens, mas também é encontrado nas mulheres. Nos homens a é conhecida como o hormônio que representa a masculinidade. Certamente é um hormônio que precisa ser tratado com muito carinho, pois a falta dele representa vários problemas para o organismo. Os níveis variam nos homens, mas ficam entre 240-950 ng/dL e nas mulheres em quantidade bem menor ficando entre 8-60 ng/dl.
Nos homens é fabricada nos testículos e nas mulheres pelos ovários e glândulas suprarreinais. Ele ajuda a controlar o colesterol, bem como reduz a gordura corporal.
Qual a importância ?
É um hormônio extremamente importante para quem pratica atividades físicas auxiliando muito no aumento da massa muscular e óssea. Quem pratica treinos gosta de fazer uso de suplementos para acelerar o metabolismo, melhorar os níveis de testosterona e ter uma melhor condição física e também trabalha na distribuição do gordura no corpo. Vamos ver alguns detalhes importantes.

Testosterona e massa muscular

Além das atividades físicas e uma alimentação balanceada, a testosterona é outro fator essencial. Os médicos recomendam não exagerar na dose senão pode provocar sérios riscos a saúde. Este hormônio está ligado à força física, resistência e desempenho, sendo assim, está totalmente ligado ao desenvolvimento muscular.
Se os níveis não estiverem equilibrados não será possível ganhar massa muscular e provavelmente terá problemas mais sérios de saúde como perda de massa óssea, impotência e fraqueza.

Redução do stress

Este hormônio por estar ligado ao cortisol, ajuda no equilíbrio emocional reduzindo o estresse. Como podemos ver, a testosterona tem supra importância em vários aspectos de nossa vida, desta forma, precisamos que ele esteja equilibrado. Os riscos da testosterona alta são grandes:
Depressão é um problema sério, em breve vamos escrever um artigo completo com a relação direta.

Sintomas da testosterona alta
  • Agressividade: é outro sintoma de quem possui altos níveis de testosterona, se alguém for muito impaciente, a testosterona é uma possibilidade.
  • Impulsividade: a pessoa pode tomar decisões sem refletir, então as coisas podem mudar de figura caso não haja um equilíbrio do hormônio. Esta impulsividade pode causar problemas mais sérios, bem como acessos de raiva e depressão.
  • Variações de humor: também são possíveis. Uma vez que os hormônios não estão equilibrados, a depressão, impulsividade, extrema alegria e extrema tristeza são fatores comuns. Desta forma, faz-se absolutamente necessário um controle grande de forma absolutamente segura.
  • Encolhimento dos testículos: também faz parte da testosterona alta. Se houver um consumo extremo do hormônio, os testículos poderão reduzir de tamanho e este problema pode ser irreversível se não houver um tratamento adequado.
  • Baixa contagem de esperma: também ocorre então o sistema reprodutivo masculino fica prejudicado sobremaneira.
Sintomas da testosterona baixa
  • Baixo interesse sexual, disfunção erétil e perda da potência sexual: são claros sintomas de baixos níveis. Normalmente os homens costumam ter ereções involuntárias a noite ou pela parte da manhã, quando isso não ocorrer é porque pode haver este baixo nível do hormônio. Se isto ocorrer, deve-se procurar um médico urgentemente, pois, problemas cardíacos podem estar associados.
  • Cansaço e fadiga: são consequências graves, então a falta de energia refletem na produção baixa. Mais uma vez, dá-se a importância de procurar um médico, pois cansaço pode ser sinal de outros problemas também.
  • Falta de memória e de concentração: são efeitos também porque a mesma atua no sistema nervoso.
  • Mudanças de humor: podem ser frequentes, então a depressão na terceira idade é um fator comum devido a falta do hormônio, por isso é importante que se faça atividades físicas constantemente para que estes problemas não ocorram no futuro e uma alimentação adequada é essencial.
  • Dificuldade para contrair músculos e perda de massa muscular: são fatores comprometedores para as pessoas.
  • Acúmulo de gordura na cintura e região do abdômen: consulte um nutricionista para que se escolha uma dieta adequada de acordo com o seu caso e complexidade física.
  • Perda de massa óssea: é comum em idosos trazendo sérios problemas de mobilidade e flexibilidade. O hormônio atua na densidade óssea e sua ausência prejudica o órgão.
  • Baixo crescimento de pelos no rosto, pubianos, braços e pernas: são outros efeitos também.
  • Problemas para dormir: é outro claro efeito. A deficiência do hormônio causa transtornos e agitação na hora de dormir, bem como insônia.
  • Risco de diabetes: é um problema grave sem dúvidas alguma. Sabemos dos riscos da diabetes, então se deve tomar todo o cuidado com os níveis do hormônio. A diabetes se não for controlada pode ser até fatal.
  • Dores nas articulações: são também considerados efeitos negativos do baixo nível.
  • Acnes: são comuns quando há um desequilíbrio, principalmente nos jovens pré adolescentes quando os hormônios estão em fase de mudança causando as famosas espinhas que tanto incomodam os rapazes e meninas.
  • Depressão e ansiedade: também podem ocorrer então a necessidade do controle hormonal é essencial, pois, a depressão é uma doença séria que deve ser tratada. l.

Benefícios dos bons níveis de testosterona

Se você tiver os níveis equilibrados o hormônio traz grandes benefícios para o organismo.

Melhora da forma física:

A boa quantidade da testosterona distribui a massa muscular e a forma que o corpo distribui a gordura. Certamente você perderá alguns quilos, claro que tudo aliado a atividades físicas e uma excelente alimentação. Uma vez que os seus hormônios estão equilibrados fica mais fácil ter uma saúde melhor, bem como um melhor desempenho nos treinos físicos. Você terá mais energia e o seu corpo agradecerá te dando mais prazer e menos cansaço após malhar.

Aumento do desejo sexual

O desequilíbrio hormonal traz problemas relacionados a atividade sexual. Quando eles estão equilibrados o desejo aumenta muito. Sendo assim, este hormônio é essencial para os homens e mulheres também (só que em menor quantidade da testosterona).

Aumenta a força

O nível de testosterona equilibrado ajuda e muito a ter uma massa muscular e óssea e sendo um fator importante na prevenção da osteoporose.

Como estimular a testosterona naturalmente

Em primeiro lugar pare de fumar. O cigarro além de causar problemas mais sérios para os pulmões, também influenciam na produção de testosterona. Quem é fumante possui 20% menos do que os nãos fumantes. Realmente o tabagismo é algo muito sério que deve ser levado em consideração para que sua saúde não seja prejudicada.
Evite também o consumo de bebida alcoólica, pois, esta ataca o fígado que quebra o estrogênio, e o organismo perde zinco. A consequência da perda do zinco é a redução da testosterona. Agora que você sabe o que é testosterona com ricos detalhes, vamos tratar da dieta da melhor forma possível.

Quais os alimentos são melhores para equilibrar a testosterona?

Tudo faz parte de um processo sem procurar desequilibrar a saúde e nem a mente, então procure ter uma dieta balanceada não apenas para reequilibrar o seu testosterona, mas para o seu dia a dia. A importância de uma alimentação saudável é crucial, pois é através dela que evitamos as doenças mais perigosas para o organismo e preservamos a nossa saúde no envelhecimento tendo mais energia e disposição. Vamos conhecer agora quais os melhores alimentos para você consumir diariamente para o seu hormônio ficar equilibrado e sua saúde também.

Carnes

As carnes  como, Alcatra, fraldinha, file mignon e maminha são boas alternativas para você equilibrar seu quadro hormonal. Carnes brancas são também muito boas para a sua saúde e desempenham um papel muito importante neste processo também, como o peixe e o frango. Estas carnes são ricas em zinco.

Gorduras saudáveis

Castanhas, azeitonas, amêndoas, abacate, banha de porco e óleo de coco, são excelentes pedidas também, pois são ricos em gordura boa e contribuem para aumentar o metabolismo e deixar a testosterona equilibrada.

Frutas

Todos sabemos da importância das frutas na nossa dieta, devemos consumi-las diariamente, pois, são ricas em vitaminas e combatem e previnem muitas doenças, além de equilibrar o nosso quadro hormonal. Todas são importantes, mas podemos mencionar como muito ricas a maçã e a banana que são ricas em zinco. Tomate, laranja, maracujá, limão, acerola e morango são ricos em vitamina C que é outro fator crucial para o equilíbrio hormonal.

Verduras e legumes

Abóbora, pimentão, brócolis, repolho e couve são as melhores opções, mas considere todos os legumes e verduras para incluir em sua dieta, pois, eles são valiosos para prevenir e combater doenças também, além de reduzir os níveis de gordura proporcionando um emagrecimento que é essencial, afinal obesidade é um grave problema para a saúde.

Ovos

Os ovos são ricos em proteínas e colesterol bom, e são totalmente indispensáveis para equilibrar sua taxa hormonal.

Amendoim

Muito rico em zinco e melhora tanto os hormônios quanto a produção de esperma

Salmão e sardinha

São ricos em vitaminas A, B B5, B6, B12 e zinco. Os peixes são também alimentos completos para prevenir e combater várias doenças além do equilíbrio.
Existem muitos outros alimentos que são excelentes para a produção de hormônios, o ideal é conversar com o seu médico e procurar uma alternativa para sua dieta. Tudo depende dos resultados dos exames que você fizer, e a partir daí, tudo fica mais fácil para fazer o tratamento. O importante é ter disciplina e nunca desistir das atividades físicas e uma boa alimentação.

Outras maneiras de melhorar os níveis de testosterona

Existem outras formas de equilibrar os níveis de testosterona. Vamos ver agora.

  • Mantenha-se magro. Este é sem dúvidas um passo importante para sua vida como um todo, afinal de contas, a obesidade é algo muito sério e merece um cuidado todo especial. Faça atividades físicas e evite alimentos que criarão gorduras em você, sendo assim, ficar esbelto não é apenas um fator estético, mas sim um fator de saúde.
  • Durma bem, pelo menos oito horas por dia. Um sono reparador ajuda no sistema imunológico como um todo equilibrando os seus hormônios e te deixando com mais energia e disposição para enfrentar o dia a dia.
  • Coma vegetais e legumes com frequência. Certamente você conseguirá um melhor padrão de saúde se consumir couves, brócolis, couve flor, repolho, etc.
  • Suas atividades físicas devem ser feitas três vezes por semana no mínimo e durar no máximo 45 minutos.